Transporte solidário vai ajudar atletas de outros países a virem para os Jogos Mundiais Militares

No detalhe, Arion, mascote da quinta edição dos Jogos Mundiais Militares

A página oficial da quinta edição dos Jogos Mundiais Militares – que acontecerão no Rio de Janeiro entre os dias 16 e 24 de julho deste ano – publicou hoje (31/05) uma matéria na qual fala sobre o programa Travel Plan ou, simplesmente, transporte solidário, como é conhecido.

No texto de João Henrique Amaral, com o título Transporte solidário recebe adesão de Brasil, Canadá, EUA, Itália, CISM e COI, foi dito que este é o maior plano voltado para a locomoção dos competidores já posto em prática pelo Conselho Internacional do Esporte Militar (CISM) e que, a iniciativa, já conta com 295 atletas de 49 países agraciados.

Além disso, outros 205 participantes de 29 nações também poderão vir competir no Brasil em decorrência do apoio. O plano de transporte se tornará viável graças à soma de esforços que agrega o CISM, o Comitê Olímpico Internacional (COI), o Brasil e outros três países (Canadá, Estados Unidos e Itália).

“Reunimos todos os meios disponíveis visando alcançar 110 países inscritos nos Jogos. Ainda estamos trabalhando para conseguirmos essa marca. Ajudamos países em dificuldades para aumentar a sua delegação favorecendo assim que atletas de alto nível não perdessem a oportunidade de competir”, afirmou o tenente-coronel Pedro Gagliardi, Adjunto de Esportes do CISM, em depoimento ao site dos Jogos.

Ainda de acordo com informações da organização do evento, o Brasil cedeu duas aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB), com 140 lugares cada, que pousarão em quatro cidades africanas: Bamako (Mali), Yaoundé (Camarões), Nairóbi (Quênia) e Johannesburgo (África do Sul) – onde se encontrarão passageiros de várias nações.

“Pela primeira vez na história, um País apóia um continente com esta magnitude e envolvimento”, completou o tenente-coronel, sobre a ação do Brasil na África.

A Itália, por sua vez, irá ceder 40 lugares para países do Leste e do Sudoeste Europeus em suas aeronaves militares. Já os norte-americanos prometeram dar suporte às delegações da América do Norte e Caribe. O Canadá ficou de destinar CAD 50 mil em compras de bilhetes aéreos. O CISM irá oferecer € 70 mil e o COI, US$ 30 mil.

“Nossos dados preliminares indicam que 30 países estão participando dos 5º Jogos Mundiais Militares exclusivamente devido a essa ação de solidariedade. Outros 19 estão recebendo suporte para transportar parte de suas respectivas delegações”, destacou o tenente-coronel Pedro Gagliardi, lembrando que esses dados ainda não fecharam.

Anúncios
Esse post foi publicado em Textos do BH. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s