Nadal perde para Federer em Londres e não poupa elogios ao adversário

“O resultado é real, o placar não foi enganoso. Ele (Federer) foi perfeito, esteve brilhante o tempo todo, e eu não tive o que fazer", analisou o tenista espanhol Rafael Nadal - Imagem: AP

Não foi exatamente o que se esperava. Jogo do ano? Duelo de campeões? Rivalidade à flor da pele? Nem tanto. A partida de ontem (22/11) entre os tenistas Rafael Nadal e Roger Federer foi decidida em apenas uma hora. Tantas vezes freguês de Nadal, Federer venceu o duelo por 2 sets a 0.

O confronto, entre dois dos maiores tenistas da atualidade, era por uma vaga nas semifinais do ATP Finals, em Londres. Após a partida, o espanhol reconheceu a superioridade do adversário e não poupou elogios ao seu principal rival.

“O resultado é real, o placar não foi enganoso. Ele (Federer) foi perfeito, esteve brilhante o tempo todo, e eu não tive o que fazer. Quando ele joga neste nível, nesta superfície, se torna o melhor” avaliou Nadal, atual número dois do ranking mundial.

Apesar dos problemas físicos que encontrou na estreia do torneio, quando bateu o norte-americano Mardy Fish, por 2 a 0, Nadal não atribuiu ao desgaste da partida anterior o motivo pela derrota para o suíço Federer. O tenista espanhol estava há um mês sem disputar um campeonato. “Cansado? Estou cansado agora, antes de começar o jogo, não. Não vou mentir, joguei o melhor que pude, mas não foi suficiente nesta noite”, resumiu Nadal.

O espanhol disse ainda que vem de uma longa e cansativa sequência de jogos. “Este é meu sétimo ano sendo o número um ou o dois, e sou o que tem mais partidas nas costas. E ainda me resta a final da Copa Davis antes de começar a me preparar para a próxima temporada”, desabafou.

Amanhã, o tenista de 25 anos entra na quadra novamente para um duelo contra o francês Jo-Wilfried Tsonga. A partida representará um confronto direto pela segunda vaga da chave nas semifinais.

“Estou tranquilo, sei que estou fazendo as coisas bem. Hoje (terça) não me senti especialmente mal na quadra, foi o adversário que esteve muito bem. Não é o momento de ficar me lamentando por um resultado. A temporada é boa, e continuará sendo mesmo se no próximo dia eu voltar a perder por 6/3 e 6/0”, afirmou.

Com informações de Agências de Notícias

Anúncios
Esse post foi publicado em Textos do BH. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s