Oscar cresce na audiência, mas não alcança Grammy em popularidade

Noite de gala do cinema teve audiência de 39,3 milhões de espectadores nos EUA, enquanto o Grammy alcançou a marca de 39,9 milhões / Imagem - Omelete

Para surpresa de uns e tristeza de outros, a 84ª edição do Oscar, apesar da boa audiência registrada nos Estados Unidos (39,3 milhões de espectadores), não conseguiu superar o maior interesse popular em relação ao Grammy, de acordo com dados preliminares divulgados nesta segunda-feira (27/02) pela Nielsen. Realizada no último domingo (26/02), em Los Angeles, a cerimônia apontou alta na audiência de 4% na comparação com 2011.

Para alguns críticos, a volta do comediante Billy Crystal, que apresentou o evento pela nona vez, tornou o Oscar mais leve e descontraído em relação à dupla de jovens atores James Franco e Anne Hathaway, que tiveram atuação duramente criticada no último ano. Ainda assim, as duas últimas edições da festa de gala do cinema concentraram porcentagens semelhantes de público adulto, de idades que oscilaram entre os 18 e os 49 anos.

No ano passado, quando O Discurso do Rei faturou o grande prêmio, o evento somou 37,9 milhões de espectadores no s EUA, face aos 41,7 milhões de 2010 – marca mais alta alcançada nos últimos anos. Na época, o campeão de bilheteria Avatar duelou com o modesto e inexpressivo Guerra ao Terror, que, inexplicavelmente, acabou vencendo.

Já em 2009, ano em que Quem Quer Ser um Milionário brilhou foram registrados 36,3 milhões de espectadores, frente aos 32 milhões de 2008 – pior resultado da história do Oscar – quando Onde os Fracos Não Têm Vez se sagrou vencedor da noite.

Inegavelmente, a melhor audiência já vista na história da premiação cinematográfica ocorreu em 1998 (55,2 milhões de espectadores), ano em que Titanic era o melhor filme inconteste.

Os prêmios da Academia de Hollywood têm por tradição atrair os olhares de um público maior de pessoas nos EUA se comparados ao Grammy. Apesar disso, neste ano, a regra virou exceção, pois a 54ª edição da mais popular premiação da música norte-americana – bem menos formal e pomposa que o a festa da estatueta dourada – foi acompanhada por 39,9 milhões de espectadores.

A última vez em que o Grammy venceu a queda de braço com o Oscar foi em 1984, quando Michael Jackson se coroava como o Rei do Pop com o inigualável Thriller.

Naquela ocasião, o Grammy arrebatou uma audiência de 43,8 milhões frente aos 42,1 milhões do Oscar quando venceu Laços de Ternura, com cinco estatuetas, entre elas a de Melhor Filme.

 

Com informações da Agência EFE e da Folha de S. Paulo   

Anúncios
Esse post foi publicado em Textos do BH. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s