OIT diz que desemprego entre jovens continuará em alta até 2016

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgou nesta semana um novo relatório em que analisa o nível de desemprego dos jovens mundo afora. Para tristeza dos otimistas de plantão, o resultado não é dos mais inspiradores.  A organização constatou que a tendência para os próximos quatro anos é que a taxa mundial de jovens desempregados se mantenha em patamares elevados. Tomando por base o ano atual, o levantamento estima que aproximadamente 75 milhões de jovens, entre 15 e 24 anos, fiquem sem emprego.

“A crise de desemprego entre os jovens pode ser vencida desde que a criação de emprego para eles se torne uma prioridade no processo político e que os investimentos no setor privado acelerem radicalmente”, disse o diretor executivo da OIT para o Emprego, José Manuel Salazar-Xirinachs.

Tomando por base o ano atual, o levantamento estima que aproximadamente 75 milhões de jovens, entre 15 e 24 anos, fiquem sem emprego

Numa comparação com os dados apresentados em 2007 nota-se que, neste ano, 4 milhões de jovens a mais estarão desempregados. No estudo denominado Tendências Mundiais do Emprego dos Jovens, estima-se que 12,7% dos jovens deverão ficar sem emprego ainda este ano.

O percentual é idêntico ao que foi apresentado no momento mais crítico da crise econômica, em 2009, mas é superior aos números averiguados em 2011, época em que o desemprego chegou a afetar 12,6% dos jovens das pessoas entre 15 e 24 anos em todo o mundo.

“[O que deve ser feito] passa por medidas como alívios fiscais e incentivos para as empresas que contratam jovens, esforços para reduzir a diferença de competências entre os jovens, programas de empreendedorismo que integrem formação qualificada, e acesso aos capitais, bem como uma melhoria da proteção social dos jovens”, disse Salazar-Xirinachs.

Os altos índices de desemprego, aliados à crise econômica que assola o Velho Continente, têm provocado diversos protestos na Europa, especialmente, na Itália, Espanha, Inglaterra, Portugal e França.

 

Com informações do Opera Mundi

Anúncios
Esse post foi publicado em Textos do BH. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s