Obama vai ao México para Cúpula do G-20

Durante o encontro, Obama irá tratar com os líderes mundiais, especialmente os europeus, a crise na zona do euro e terá reuniões bilaterais com seus colegas de posto mexicano, russo e chinês / Imagem: Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, chegou ontem (17/06) a Los Cabos, no México, para participar da Cúpula do G20 – grupo que reúne as economias ricas e as principais emergentes. Durante o encontro Obama irá tratar com os líderes mundiais, especialmente os europeus, a crise na zona do euro e terá reuniões bilaterais com seus colegas de posto mexicano, russo e chinês.

O avião presidencial, o Air Force One, aterrissou no México, por volta das 21h30 (horário local) – 0h30 de segunda-feira em Brasília – procedente de Chicago, onde Obama participou, no último sábado (16/06) do casamento da filha de uma de suas principais assessoras. Antes de viajar para a Cúpula do G-20, o presidente norte-americano comemorou o Dia dos Pais com a mulher, Michelle, e suas duas filhas. Obama aproveitou o dia de folga para jogar golfe, um de seus esportes favoritos.

Espanha espera mensagem “nítida e clara”

Para o chefe do executivo espanhol, Mariano Rajoy, é necessário que o G-20 emita uma mensagem “nítida e clara” em defesa da segurança jurídica e em apoio aos investimentos de um país no outro – o que pode ser entendido como uma referência, sem citações diretas, à desapropriação argentina das ações da Repsol na YPF.

Rajoy participará nesta terça-feira (19/06) pela primeira vez da Cúpula do G-20, em Los Cabos, e terá o seu primeiro encontro com a presidente da Argentina, Cristina Kirchner. Apesar do protocolo, segundo informações do governo espanhol, não há previsão de qualquer tipo de encontro bilateral entre as partes.

Em declarações à imprensa, Rajoy se mostrou otimista com a Cúpula e revelou que confia numa espécie de pacto pelo crescimento. Para o chefe do executivo espanhol a oportunidade também servirá para se defender a segurança jurídica dos investimentos. Na opinião de Rajoy esta segurança é vital para o crescimento econômico e ainda para a transferência de tecnologia.

 

Com informações da agência EFE

Anúncios
Esse post foi publicado em Textos do BH. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s